Qual o ideal de glicose?


Qual o ideal da glicose

O exame de glicemia avalia o nível de açúcar no sangue. Com ele é possível saber qual o ideal de glicose no organismo. Essa análise permite constatar se o paciente apresenta as taxas normais ou se está em um limite que indica pré-diabetes.

Caso os índices coletados ultrapassem o limite de glicose recomendado na corrente sanguínea, isso indica a presença de diabetes. Por isso é muito importante conhecer os valores normais para ter como referência ao interpretar a avaliação médica.

Entenda mais sobre a taxa indicada de glicose no sangue e quando esse valor extrapola o recomendado pelos profissionais da saúde.

Ocorrem picos e baixas da glicose no sangue?

O nível de glicose é medido em mg/dL e ele passa por alterações no decorrer do dia e da noite. Essa taxa sofre por picos e baixas de acordo com o que se come ou caso tenha feito atividades físicas.

Por isso, para alguém ser diagnosticado com diabetes ou pré-diabetes,  o teste de glicose deve indicar a quantidade alterada da glicemia por dois exames consecutivos. Eles devem ser feitos em jejum e indicar  valores superiores ou iguais a 126 mg/dL .

Qual o ideal da glicose?

Os valores do nível de açúcar no sangue podem aumentar ou diminuir com o consumo de determinados alimentos. Assim, a taxa recomendada é de 70 e mg / dL até 99 mg / dL. Caso chegue a 100 mg / dL , já é considerado um quadro de pré-diabetes. Logo, as taxas tidas como normais são:

Em jejum por 8 horas

Geralmente é o período que se recomenda não ingerir alimentos para fazer o hemograma. Nesse caso, a glicose deve estar no índice considerado normal, que é entre 70 e mg / dL e 99 mg / dL.

Após a refeição

Chamado de pós-prandial, o nível de glicemia com até 2 horas após a refeição deve ser inferior a 140 mg/dL. Pacientes com diabetes do tipo 2 têm o nível de 200 mg/dL após ingerir alimentos.

Quais são as alterações na glicemia?

O índice glicêmico pode ficar elevado ou sere inferior ao indicado. Nenhum desses estados é o ideal de glicose no sangue. Esses estados recebem os nomes de Hiperglicemia (glicemia alta) e Hipoglicemia (glicemia baixa).

Glicemia alta (Hiperglicemia)

Nos casos de hiperglicemia, alguns sintomas aparecem como: sede, boca seca, cansaço frequente, visão turva e vontade excessiva de urinar. Ela pode ocorrer com o consumo de alimentos proibidos para diabéticos. Caso isso ocorra, não hesite em procurar um médico.

Glicemia baixa (Hipoglicemia)

A hipoglicemia ocorre em casos que a glicose fica abaixo do ideal da glicemia. Isso pode acontecer nos períodos de ingestão de remédios para controle do nível glicêmico. Esse quadro também é visto quando a alimentação é pouca ou mais tarde do que o horário habitual.

Como confirmar o quadro de diabetes?

De acordo com especialistas, a presença de diabetes pode ser confirmada com um desses fatores:

  • 2 testes consecutivos de glicose em jejum que tenham taxas iguais ou superiores a 126 mg / dL;
  • Um teste de A1c com índice maior que 6,5 %;
  • Um teste oral de tolerância à glicose acima de 200 mg / dL.

Agora que você já sabe qual o ideal de glicose, esteja atento aos seus exames. Certamente, seu médico avisará sobre algum risco para sua saúde identificado nos testes de glicemia. Porém, esteja sempre alerta e mantenha uma rotina saudável.

Gostou deste artigo? Então entenda melhor como é o exame para detectar diabetes.


Esta artigo foi útil?

Artigos Relacionados

Deixe Um Comentário?