Como é o tratamento preventivo da Diabetes Juvenil (tipo 1)?


O tratamento preventivo de complicações graves,
ou seja das doenças associadas à Diabetes, é indispensável, diário e continuado, não devendo sofrer interrupções, salvo sob prescrição médica;

O tratamento preventivo da Diabetes Juvenil consiste basicamente
nas seguintes medidas:

tratamento preventivo diário, sob prescrição médica, com 99% de
manejo medicamentoso e não-medicamentosos em casa, de modo continuado e sem interrupções, para evitar ou minimizar as crises de hipoglicemia ou hiperglicemia que levam o paciente ao coma diabético e às
complicações graves
, e para propiciar uma melhor qualidade e uma
maior expectativa de vida possíveis ao paciente;

dedicação integral do Cuidador – o “anjo da guarda” do paciente (indispensável, principalmente no caso de crianças), ou seja a pessoa adulta ( geralmente a mãe) responsável pela vigilância e pelo manejo diário em casa do tratamento médico prescrito;

controle glicêmico diário, ou seja o manejo em casa, dia a dia, combinando a dieta rigorosa e restritiva ( somente os alimentos e bebidas prescritos pelo nutricionista no Plano de Alimentação) com a prática de exercícios físicos regulares e com a medição dos níveis de açúcar no sangue (pelo menos 3 x ao dia), que determinará as doses de insulina sintética e o número de vezes ao dia a ser injetadas, com o agravante de que sem injeções diárias o menor paciente não sobrevive;

observações constantes e preventivas: (por exemplo, nos olhos, nos dentes, nos pés, na urina, na aparência física, no estado emocional) verificando a existência de indícios ou sintomas de degeneração da doença;

assistência médica constante;

exames clínicos e laboratoriais periódicos, no mínimo a cada 6 (seis) meses para constatação da eficácia do tratamento preventivo.

Gostou deste artigo? Confira também:


Esta artigo foi útil?

Artigos Relacionados

Deixe Um Comentário?