O que é diabetes?


Essa doença pode ser chamada de 4 formas: a diabetes, o diabetes, a diabete ou o diabete. Ela se caracteriza por uma síndrome no metabolismo que surge da falta ou deficiência na produção de insulina. Entenda melhor sobre o que é diabetes e os tipos existentes.

Quando a insulina não exerce sua função da forma correta, há um aumento de glicose (açúcar) na corrente sanguínea. Isso ocasiona diversos problemas para o organismo. Saiba mais a seguir.

O que é diabetes

A diabetes começa a agir porque o pâncreas não consegue produzir insulina na quantidade adequada. Assim, há uma deficiência nesse hormônio que promove a redução da glicemia quando permite que o açúcar no sangue possa nutrir as células.

Com a falta da insulina ou com o seu funcionamento incorreto, acontece um pico de glicose no sangue. Dessa forma, a diabetes começa a agir no organismo.

As principais classificações da doença são: Pré-diabetes, Diabetes tipo 1 e Diabetes tipo 2. Entenda melhor cada uma e veja outros tipos de diabetes menos conhecidos.

Pré-diabetes

Quando há um potencial para o desenvolvimento da doença, ela recebe o nome de “pré-diabetes”. Pode ser considerada como uma fase intermediária entre o indivíduo saudável e a diabetes do tipo 2.

Para a diabetes do tipo 1, não existe a classificação de pré-diabetes. Isso porque a pessoa nasce com uma disposição genética à falha na produção de insulina. Assim, corre o risco de desenvolver a doença em qualquer período de sua vida.

Diabetes Tipo 1 (DM1)

Na diabetes tipo 1, o pâncreas desenvolve uma incapacidade em produzir a insulina. Isso é devido à uma falha no sistema imunológicos que faz os anticorpos atacarem as células produtoras desse hormônio.

Esse tipo costuma atingir mais jovens adultos e crianças, porém é possível detectá-lo em outras faixas etárias. Em torno de 5% a 10% dos pacientes diabéticos apresentam a diabetes tipo 1. Seus sintomas mais comuns são:

  • Fraqueza;
  • Cansaço;
  • Emagrecimento;
  • Diurese;
  • Sede;
  • Fome excessiva.

Caso não seja feito o tratamento de forma rápida, esse quadro pode ser desenvolvido para a Cetoacidose Diabética, que causa: sonolência, desidratação severa, dificuldades respiratórias, vômitos e até mesmo coma.

Diabetes Tipo 2

Cerca de 90% dos pacientes diabéticos apresentam este tipo da doença. Ela pode ser tratada com medicamentos injetáveis ou orais. Para que ela ocorra, existe uma combinação de duas dificuldades: resistência à insulina (defeito na ação) e a diminuição da produção do hormônio.

Esse tipo progride de forma lenta, chegando a demorar anos até que se apresente. Caso haja o agravamento do quadro, também pode levar à desidratação grave e ao coma. A doença é associada ao consumo de carboidratos e gorduras sem que haja uma compensação com exercícios físicos.

Por isso existe também um aumento de peso e tendência à obesidade. Em geral atinge adultos na faixa dos 50 anos. Porém, é possível ver em jovens adultos e até mesmo em crianças.

Demais tipos de diabetes            

Há um tipo de diabetes associada à gravidez, que é a diabetes gestacional. Além dessa, há variações da doença que são causadas devido à defeitos na função da célula beta (MODY 1, 2 e 3). Ela pode ser causada pelo uso incorreto de alguns remédios.  Algumas de suas causas são:

  • Doenças do pâncreas exócrino;
  • Defeitos genéticos da função da célula beta;
  • Fibrose cística;
  • Defeitos devido a produtos químicos (diuréticos, corticoides, contraceptivos etc);
  • Defeitos genéticos na ação da insulina;
  • Pancreatite;
  • Doenças endócrinas;
  • Neoplasia maligna (câncer);
  • Tumores pancreáticos.

Com essas informações é possível entender o que é diabetes e os tipos existentes da doença. Se gostou do artigo, não esqueça de deixar um comentário.  


Esta artigo foi útil?

Artigos Relacionados

Deixe Um Comentário?