Hiperglicemia: sintomas, causas e tratamento


A hiperglicemia é o aumento do nível de açúcar no organismo. Ela é uma das grandes causadoras de complicações à saúde das pessoas portadoras de diabetes. Essa debilidade é causada por fatores como: ingestão excessiva de carboidratos e pouca atividade física.

Um agravante é que muitas pessoas acabam não sentindo os efeitos do nível alto de açúcar na corrente sanguínea. Logo, fazer regularmente o teste glicêmico é fundamental para os diabéticos.

Entenda melhor sobre os sintomas de hiperglicemia, suas causas e os tratamentos recomendados.

Quais são os sintomas da hiperglicemia?

Os sintomas da hiperglicemia podem ser detectados ao prestar atenção em algumas reações incomuns no corpo. Os efeitos de curto prazo incluem as seguintes dificuldades:

  • Urinar em excesso;
  • Maior necessidade de micção à noite;
  • Visão embaçada;
  • Sede excessiva;
  • Feridas que não curam;
  • Cansaço sem motivo.

Ao apresentar os sintomas de hiperglicemia, é necessário que haja um controle no nível de glicose sanguínea. Esse quadro, caso não seja tratado, pode levar a problemas crônicos como: danos aos nervos, doenças cardíacas, renais e oculares.

Esses sintomas podem ser desenvolvidos ao longo do tempo. Por isso, quanto mais cedo a doença for tratada, menor é a chance de ocorrer uma complicação mais grave, como a Cetoacidose Diabética. Em geral, os níveis de glicose no sangue maiores que a 180 mg / dL após as refeições, ou mais altos que 130 mg / dL antes da alimentação, são diagnosticados como elevados.

Quais são as causas da hiperglicemia?

As causas da hiperglicemia podem ocorrer devido à diversos fatores ou até mesmo por consequência de uma combinação entre eles. As razões mais frequentes incluem:

  • Ingestão de mais carboidratos do que o normal;
  • Dose incorreta de medicamentos para baixar a glicose;
  • Sedentarismo com falta de atividade física;
  • Doenças ou infecções;
  • Níveis altos de estresse.

Esses fatores podem desencadear os sintomas da hiperglicemia que, se não tratados, podem evoluir para uma complicação grave.

Quais são os tratamentos da hiperglicemia?

Assim que for identificado o quadro de hiperglicemia, é fundamental buscar ajuda médica o mais rápido possível. Em especial para os casos de diabéticos. Os tratamentos mais comuns para essa disfunção do organismo são:

Monitoramento do índice glicêmico

Em casos de hiperglicemia é essencial o monitoramento dos níveis de glicose no sangue. Para isso, o indicado é anotar a data, hora, resultado e a refeição mais recente. Essa anotação deve ser feita em um caderno separado para que seja apresentado ao médico durante as consultas.

Realização de atividades físicas

As atividades físicas são formas muito eficazes de manter os níveis de glicose sob controle. Assim, o organismo funcionará da forma correta e não será preciso ter mais preocupações com os sintomas da hiperglicemia.

Avaliação dos hábitos alimentares

Evitar consumir alimentos ricos em açúcar e carboidratos em excesso, que são os alimentos proibidos para diabéticos,  é uma boa prática para ter uma dieta alimentar adequada. Alinhada com os exercícios físicos e o controle dos níveis glicêmicos, é possível controlar a hiperglicemia.

Com essas informações evitar os sintomas de hiperglicemia não será mais um problema. Realize as recomendações para o controle dessa doença e poderá ter mais qualidade de vida.

Já sabia o que é hiperglicemia e quais os sintomas? Deixe seu comentário sobre o assunto.


Esta artigo foi útil?

Artigos Relacionados

Deixe Um Comentário?