Alimentos Proibidos para Diabéticos

A Diabetes é uma doença crônica que influencia na produção ou funcionamento da insulina no organismo. Como esse hormônio é responsável pelo transporte da glicose até as células, onde é transformada em energia, os pacientes sofrem com um acúmulo de açúcar no sangue. Por isso, existem Alimentos Proibidos para Diabéticos.

Esses alimentos são ricos em açúcar, gordura e carboidratos (que, quando metabolizados, tornam-se em glicose). Uma alimentação baseada neles contribui para o aumento da taxa glicêmica e também para o colesterol alto, problema comum entre pacientes com Diabetes.

Embora a Diabetes não tenha cura definitiva, é possível controlar a doença seguindo uma Dieta para Diabéticos recomendada por nutricionistas e praticando atividades físicas planejadas. A Diabetes Tipo 2, por exemplo, é muito relacionada ao estilo de vida do paciente.

Confira os Alimentos Proibidos para Diabéticos abaixo.

Alimentos Não Permitidos para Diabéticos: Açúcar

O primeiro alimento a se cortar da dieta de um paciente com Diabetes é bem óbvio: o açúcar. Seja ele mascavo, cristal ou refinado, o melhor é evitá-lo por completo! Da mesma forma, não consuma mel, sacarose, rapadura ou caldo-de-cana. Todos esses alimentos elevam a glicemia rapidamente, um grande risco para quem tem diabetes.

Evite também adoçantes á base de manitol, sorbitol ou frutose. Eles possuem um valor nutricional complexo e podem afetar negativamente os organismos dos diabéticos.

Outras fontes de glicose que devem ser evitadas a qualquer custo são os refrigerantes, sucos artificiais e qualquer bebida que tenha uma grande concentração de açúcar. Até mesmo sucos naturais concentrados podem ser um perigo se possuírem uma quantidade excessiva de frutose.

Doces em geral devem ficar fora do cardápio, igualmente. Pudins, sorvetes, bolos são cheios de açúcar e gordura. Problema em dobro. As geleias ou caldas de frutas também não estão liberadas, pois são feitas com bastante açúcar.

Alimentos Não Permitidos para Diabéticos: Gordura e Carboidratos

Como o carboidrato torna-se açúcar após a metabolização, é fácil entender porque o seu consumo não é aconselhado para diabéticos.

Por isso, os pacientes devem evitar carboidratos refinados, como pão, bolo, biscoito e arroz. Alimentos feitos com farinha de trigo refinada têm um alto índice glicêmico. Em outras palavras, eles aumentam o nível de açúcar do sangue de quem os consome.

Há também outro inimigo: a gordura. O mal funcionamento da insulina pode contribuir para o acúmulo de gordura no sangue, que causa o colesterol alto. Logo, alimentos engordurados estão na lista negra da Diabetes.

Leite, manteiga, carnes e queijos amarelos são ricos em gordura saturada. Eles aumentam o nível de LDL (colesterol ruim) do sangue, entupindo os vasos sanguíneos. Como a Diabetes por si só já pode acarretar em doenças cardiovasculares, o consumo desses alimentos pode ser catastrófico.

Similarmente, a gordura trans também aumenta o nível de LDL no sangue e pode entupir os vasos sanguíneas. Contudo, há outro problema: ela também reduz o nível de colesterol bom. Ela faz mal e atrapalha quem faz bem.

Para se livrar dela, evite salgadinhos, biscoitos recheados e sorvetes.

Existem frutas proibidas para Diabéticos?

Uma dúvida frequente entre pacientes diabéticos é se existe alguma fruta que deve ser cortada completamente da dieta. A resposta é não, mas é bom maneirar o consumo.

A média recomendada por médicos especializados em Diabetes é de quatro a cinco porções de frutas por dia. Essa porção é equivalente a 15g de carboidratos, o que, em geral, corresponde a uma fruta média, meio copo de suco de fruta natural ou meia xícara de frutas.

Há também uma escala de frutas que são mais recomendadas, mas em geral isso se refere mais ao modo de consumo da fruta do que ao fruto em si. Dessa forma, as frutas frescas são as mais aconselhadas e, caso não seja possível, pode-se recorrer às congeladas ou enlatadas.

Frutas em calda, secas, geleias e sucos artificiais devem ser evitados sempre que possível, pois têm grande adição de açúcar.

Se você foi diagnosticado com Diabetes, siga uma dieta planejada por um nutricionista especializado. Uma boa alimentação aliada à prática de exercícios físicos pode ajudar muito em seu quadro.

Gostou deste artigo? Leia também:

Esta artigo foi útil?