Alimentos Permitidos para Diabéticos Tipo 2

Os Alimentos Permitidos para Diabéticos Tipo 2 são aqueles que não aumentam o nível de glicose ou colesterol no organismo do paciente.

A Diabetes Tipo 2 é uma doença que ocorre quando a insulina produzida não funciona direito ou é insuficiente para transportar todo açúcar presente no sangue. Dessa forma, o paciente acumula açúcar no sangue, não consegue transformar essa glicose em energia e pode acumular também gordura no organismo.

Diferentemente do Tipo 1, a Diabetes Tipo 2 é uma condição adquirida, que tem muito a ver com a alimentação e estilo de vida do paciente. Embora ela não tenha cura, com uma Dieta para Diabéticos saudável e prática de exercícios físicos, é possível controlar a doença e mudar o quadro do paciente.

Confira Alimentos Permitidos para Diabéticos Tipo 2

A Lista de Alimentos para Diabéticos Tipo 2 consiste em alimentos ricos em fibras, mas com pouco açúcar e gordura. Por isso, até mesmo quando for comer frutas, dê preferência para aquelas menos doces, como a maçã.

Alimentos com baixos índices glicêmicos devem fazer parte da dieta. Afinal, eles ajudam a evitar subidas repentinas na taxa de glicemia do paciente. As recomendações são: amêndoas, brocólis, feijão, iogurte desnatado.

Prefira carboidratos complexos, isto é, alimentos feitos com farinha integral, à carboidratos simples.

Para que a dieta seja perfeita, é crucial regular os horários das refeições. Caso contrário, a taxa de glicemia pode mudar abruptamente. Alimente-se regularmente, com três refeições principais e lanches intercalados ao longo do dia.

Dieta com Alimentos Permitidos para Diabéticos Tipo 2

A Dieta ideal para um paciente com Diabetes só pode ser definida por um nutricionista bem informado. O quadro de cada diabético pode ser diferente e, por isso, as recomendações podem mudar de uma pessoa para outra.

No entanto, algumas recomendações gerais podem ser feitas. Por isso, sugerimos uma dieta possível para pacientes com Diabetes Tipo 2. Lembre-se de que isso é apenas um exemplo e que você deve consultar seu médico.

Café da manhã

Para o café da manhã, o paciente pode tomar uma xícara de leite desnatado sem açúcar e comer uma fatia de pão integral.

Primeiro Lanche

No primeiro lanche entre refeições, sugerimos alimentos leves, como uma fruta com baixo índice glicêmico. O paciente pode comer também três torradas ou três biscoitos maizena. Lembre-se de dar preferência aos carboidratos complexos. Por isso, é melhor consumir torrada integral do que tradicional.

Almoço

Na primeira grande refeição do dia, todos os alimentos devem estar bem equilibrados. Recomendamos que o paciente consuma uma batata média cozida, junto a 50g de peixe de água fria grelhado e 10g de couve cozida.

A comida pode ser temperada com uma colher de chá de azeite de oliva e, para sobremesa, o paciente pode consumir uma pêra.

Segundo lanche

No segundo lanche, pode-se consumir um copinho de iogurte desnatado e dois biscoitos de água e sal.

Jantar

Assim como o almoço, o jantar é uma refeição importante, que deve conter diversos nutrientes. Recomendamos três colheres de sopa de arroz integral e um bife de peru grelahado. Para acompanhar, uma salada de alface, tomate, pepino e pimentão.

Novamente, a comida pode ser temperada com uma colher de chá de azeite de oliva e, na sobremesa, o paciente pode consumir uma fatia de fruta, como melão.

Ceia

Na última refeição do dia, o paciente pode consumir chá sem açúcar e duas torradas integrais.

Mantenha uma alimentação saudável, planejada por um nutricionista, e o seu quadro de Diabetes Tipo 2 deve ser regularizado.

Gostou deste artigo? Confira também:

Esta artigo foi útil?

Artigos Relacionados

Deixe Um Comentário?